sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Disputa por cargo em igreja gera briga e tiroteio entre irmãos

É do conhecimento público que líderes brigam entre si por audiência, fiéis, programas de televisão e até mesmo por "cargos'', isso gera rivalidade e o que era para ser um clima amistoso de irmandade e amizade, acaba se tornando em um verdadeiro campo de guerra, onde quem vence é o que tiver mais força. O caso bizarro aconteceu na África do Sul, em uma considerável "megaigreja'', que é frequentada por mais de 3 milhões de pessoas em todo o país, como também em outros países circunvizinhos. Os fieis que era rivais se atacaram com pedradas e até disparos de armas de fogo, tudo teria começado por causa de uma posição de destaque na igreja. Confirme o portal News 24, isso teria ocorrido na última quinta-feira (1), no lado de fora da Igreja Internacional de Santidade de Pentecostes na cidade de Silo, Zuurbekom, que fica localizada no país sul-africano. A onda de violência teria deixado três pessoas feridas, que após a confusão foram encaminhadas para o Hospital local, onde receberam os atendimentos necessários.

A confusão teria começado, após a chegada de um comboio de veículos transportando fieis, que ao estacionarem do lado de fora se dirigiram para a entrada do salão da igreja quando foram surpreendidos, explicou o capitão e porta-voz da polícia de Gauteng, Mavela Masondo.

“Quando eles estavam prestes a entrar nas dependências da igreja, outro grupo que estava dentro da igreja os atacou. Eles entraram em confronto, e durante o confronto, três pessoas sacaram armas de fogo e efetuaram diversos disparos; três pessoas ficaram feridas”, afirmou o capitão Mavela Masondo. A confusão generalizada, danificou aproximadamente 12 veículos, e só terminou quando a polícia chegou ao local e confiscou as armas usadas na onda de violência. Segundo o site JM Notícia, os dois grupos rivais começaram tudo conversando, porém o clima foi ficando tenso, e então começaram a se agredir tacando pedras e por fim sacando as armas de fogo.

Segundo informações, a Igreja Internacional de Santidade de Pentecostes, começou a entrar em divisões e brigas, após seu líder, Glayton Modise, falecer em 2016. As coisas começaram a sair dos prumos e iniciaram-se as batalhas judiciais e as brigas por cargos nas lideranças da igreja. Até hoje os processos correm e ainda permanecem sem qualquer solução. (JM Notícias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.