quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Gandu: Pais madrugam na fila para conseguir matricular filhos na rede municipal

Dezenas de pais tem madrugado em filas para garantir uma vaga para os filhos, na rede municipal de ensino, em Gandu. Há relatos de que as filas começam a se formar nas unidades de matriculas logo nas primeiras horas da manhã, entre 04h30 e 05h da manhã. A expectativa é que escolas como o Ceres Libânio, Rômulo Galvão e Wilson Lins apresente uma maior dificuldade na demanda de vagas este ano, já que algumas escolas da zona rural tiveram que ser fechadas. Ouvidos pelo Diário Paralelo através de telefone, alguns pais e responsáveis temem não encontrar vaga para o filho. “Ano passado fui obrigada à matricular meu filho na escola particular, pq não encontrei vaga no município.No meio do ano tive q transferi-lo para Nova Ibiá. As escolas estão superlotadas, principalmente com alunos de outros municípios”, escreveu uma mãe.

Ainda segundo relatos apresentados, em determinado turno, o município tem dado prioridade aos alunos da zona rural. A migração de alunos de municípios vizinhos é apontado como uma das causas da superlotação nas escolas. O Diário Paralelo entrou em contato com a prefeitura de Gandu buscando informações sobre quando começaram às matriculas, quantas vagas o município teria disponível na rede municipal, como estão sendo feitas às matriculas e quando se encerra o período das mesmas. Até o fechamento desta matéria não havíamos recebido resposta. (Diário Paralelo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.