segunda-feira, 18 de março de 2019

Prefeito de Wenceslau diz que protesto contra vereadores foi ato de vandalismo e repudia ação da população

O prefeito Carlos Alberto Liotério, “Kaká”, de Wenceslau Guimarães, se pronunciou na noite da última sexta-feira, (15), através de uma “live” em seu perfil no facebook, para falar sobre a aprovação do Projeto de Lei nº 390 de 16 de novembro de 2018, que inclui uma taxa de 10% na conta de energia de cada contribuinte do município. A lei, votada e aprovada por 09, dos 11 vereadores, foi alvo de polêmica e provocou um grande protesto de moradores na noite da última quinta-feira, (14), a ponto dos vereadores serem escoltados por policiais militares. A sessão encerrou-se antes do esperado. Em decorrência da manifestação, o prefeito, no dia seguinte, convocou uma reunião de urgência com os vereadores favoráveis ao projeto e optou pelo pronunciamento através das redes sociais.

Durante a transmissão, Kaká diz repudiar o protesto ocorrido contra os vereadores e chamou de vandalismo a medida tomada pela população. “Queria aqui repudiar o ato que aconteceu na Câmara de vereadores, por algumas pessoas que tem interesse individuais e políticos, que sempre acostumaram a viver e usufruir do poder público… foram para Câmara de Vereadores fazer ato de vandalismo”, pontuou o prefeito. Ainda em um dos trechos do seu pronunciamento, o prefeito Kaká disse que não vai aceitar que “pessoas drogadas, viciadas em drogas e pessoas viciadas no poder público e que não tem coragem de trabalhar” atuem de tal forma no município, com o único intuito de fazer politicagem. O prefeito encerrou a live dizendo que está aberto à qualquer esclarecimento a população e de que o projeto aprovado pela Câmara é todo cercado de lisura. (Diário Paralelo)

Um comentário:

  1. o prefeito Kaká disse que não vai aceitar que “pessoas drogadas, viciadas em drogas.
    Será seu e que todos que estavam protestando eram drogados como o senhor diz?
    Mais respeito como povo seu prefeito.
    O senhor aprova uma Lei na surdina e que que o povo fique calado, é?
    Porque não discutiu com o povo antes de aprovar o projeto?
    O bom administrador discute primeiro pra depois aprovar ou não.
    Já que foi um projeto polemico deveria discutir com a papulação antes de mandar pra esses analfabetos da câmara.
    Tanto o prefeito como os vereadores são um bando de irresponsáveis.
    acordem que no próximo ano tem eleições e o povo não vai esquecer de vocês não.
    Abram os olhos!!

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.