terça-feira, 9 de abril de 2019

Caçador de rinocerontes é comido vivo por grupo de leões

Um caçador de rinocerontes foi comido vivo por um grupo de leões no Parque Nacional Kruger, na África do Sul. O caso aconteceu na semana passada, mas só ganhou repercussão nesta semana. Segundo informações da BBC News, ele foi pisoteado por um elefante antes de ser atacado pelos felinos. A morte do caçador só foi confirmada quando autoridades fizeram uma busca no local, após dias de desaparecimento, e descobriram um crânio humano e um par de calças. A direção do parque enviou condolências à família. “Entrar no Parque Nacional Kruger ilegalmente e a pé não é (uma decisão) inteligente”, diz. “Há muitos perigos e esse incidente é prova disso”. (Bahia.ba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.