sexta-feira, 5 de abril de 2019

Menino sofre paralisia cerebral severa após comer maçã em creche

Um garoto da Nova Zelândia, Neihana Renata, sofreu uma grave paralisia cerebral após se engasgar com um pedaço de maçã, servida como lanche na creche onde ficava.

O fragmento da fruta ficou alojado em sua garganta e Neihana teve uma parada cardíaca que durou trinta minutos. A criança, que não havia completado 2 anos na época do incidente, em 2016, teve lesões no cérebro.

"Ele estava estático, não tinha movimentos. Ele conseguia abrir os olhos, mas não parecia que havia alguém ali dentro. A única coisa que ele conseguia fazer era respirar", contou Wi Renata, pai do garoto, a um programa de TV neozelandês. Após, o menino ficou hospitalizado por dois meses.

Marama Renata, a mãe do pequeno, não culpa os professores pelo que aconteceu, mas questiona por que deram maçã sem cortar, conhecida por ser uma fruta que oferece risco de engasgo em crianças pequenas, ao seu filho.

O Ministério da Saúde da Nova Zelândia lista maçã sem preparo como perigosa para aqueles com menos de cinco anos. A recomendação é que ela seja cozida ou ralada, para evitar incidentes do tipo.

As informações são do site britânico Mail.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.