sábado, 4 de maio de 2019

Mulher desiste de doar R$ 30 mil a criança com câncer: “Descobri que é filha de lésbicas”

Uma mulher desistiu de doar R$ 30 mil para uma menina após descobrir que ela é filha de um casal composto por duas mulheres, em Ohio, nos Estados Unidos. As mães de Callie, de um ano, Tiffany e Albree Shaffer, abriram uma vaquinha online para arrecadar dinheiro para o tratamento da menina. Durante o processo, Bren Marie se disse disposta a doar R$ 30 mil, mas voltou atrás. “Minhas orações estão com a Callie. Eu ia doar US$ 7,6 mil (cerca de R$ 30 mil) para ela, mas descobri que ela é filha de lésbicas. Eu escolhi fazer uma doação para St. Jude (hospital infantil) devido a esse fato. Desculpe, ainda vou rezar por ela, mas talvez seja a maneira de Deus de chamar sua atenção que ela precisa de uma mamãe e um papai, não duas mamães”, escreveu a mulher para as mães da menina.

O casal ficou chateado com a situação e se disse “chocado e enojado” com o comentário da mulher.  “Tentamos não ficar chateadas, mas foi difícil. Eu não podia acreditar que ela nos procurou para nos dizer isso diretamente. Ela poderia simplesmente não ter doado e ignorado a página”, afirmou Albree. A menina foi diagnosticada com um quadro neuroblastoma avançado, um tipo de câncer que ataca glândulas acima dos rins, em dezembro do ano passado. Após o ataque, internautas se uniram na vaquinha, que já arrecadou cerca de US $ 86 mil (aproximadamente R$ 338 mil). A meta é $100.000 (R$ 393 mil).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.