segunda-feira, 29 de julho de 2019

MPE indica a Justiça eleitoral impugnação da candidatura de Ioná Queiroz

A promotora de justiça do Ministério Público Estadual, representante da pasta Eleitoral no município de Camamu, Fernanda Pataro, assina o pedido de impugnação da candidata Ioná Queiroz (PT), à 78ª Zona Eleitoral do município componente do Baixo Sul da Bahia desde a última sexta (26) para avaliação do juiz eleitoral, José Ayres de Souza.

Segundo Pataro, a promotoria entende que Ioná deu motivo a uma nova eleição no município neste ano, já que a mesma sabia que se encontrava inapta a participar do pleito em 2016, ano em que se elegeu, mesmo tendo seu registro cassado na instância local. Portanto entendendo o MP que a mesma para a eleição suplementar encontra-se inapta.

Livre teve acesso exclusivo a intimação com assinatura da candidata, que já esta ciente da situação que se encontra.

“Se a mesma não se candidatasse em 2016, não haveria todo este desgaste eleitoral, pelo qual Camamu esta passando”, escreveu a promotora em sua indicação, citando ainda que Ioná ludibriou a lei e a decisão da corte superior (TSE) para concorrer ao mandato tampão.


A promotora ainda pediu em sua indicação que Ioná fosse intimada para defesa, depoimento pessoal e depoimento de oitiva de testemunhas, anexando ainda a ação o acórdão do Tribunal Superior Eleitoral que decidiu pelo indeferimento de candidatura posterior de Iona, bem como julgar prejudicados os embargos realizados pela mesma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.