segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Estudo identifica 334 células nazistas em atividade; Bahia tem registro

A cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, teve registro de células de grupos nazistas, de acordo com uma pesquisa brasileira. A informação é do blog de Matheus Pichonelli, do portal UOL, que não detalhou a autoria do levantamento.  O estudo identificou, no total, 334 células de grupos nazistas em atividade em todo o país. A maioria se concentra nas regiões sul e sudeste. Fora dessas localidades, além de Feira de Santana, também houve registros em Fortaleza (CE), João Pessoa (PB) e Rondonópolis (MT).  Até 17 movimentos participam das células, entre hitleristas, supremacistas/separatistas, de negação do holocausto ou até mesmo três seções locais da KKK (Ku Klux Klan) – duas delas em Blumenau (SC) e uma em Niterói (RJ).  O estado com mais células é São Paulo, com 99 grupos (28 deles só na capital paulista). O ranking segue com Santa Catarina (69), Paraná (66) e Rio Grande do Sul (47). Células são considerados grupos de três a 40 pessoas com ideais e atividades comuns.  (Metro1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.