quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Vereador de Campo Formoso é preso acusado de envolvimento em esquema de venda de CNHs

O vice-presidente da Câmara Municipal de Campo Formoso, no centro norte baiano, vereador Arlivan Carvalho Gonçalves, foi preso, nesta quinta-feira (21), acusado de fazer parte de um esquema de venda de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em Senhor do Bonfim.

Além do parlamentar, que é dono da autoescola envolvida na fraude, a mulher dele, Rute Maia Batista, e os servidores Manoel Regivaldo Vitor Damasceno, João Bosco Soares Guimarães e Carlos Alberto Menezes Andrade também foram detidos. Com o vereador, a polícia ainda encontrou combustível armazenado irregularmente.


Outras três proprietárias de centros de Formação de Condutores (CFCs), identificadas como Maria Angélica Rodrigues, Antônia Maria de Carvalho Conceição, a Toinha, e Marley Pollyanna Carvalho Feliz, além dos instrutores de direção Emerson Pinheiro Sena Gomes, Reinivan Silva Alves e José Sergio Aleixo da Silva, também tiveram os mandados de prisão cumpridos.

Foram cumpridos, ainda, vinte mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Captiosus. Durante a ação, a Polícia Civil apreendeu documentos que comprovam a fraude. Segundo o delegado Flávio Góis, o esquema já vinha sendo investigado, em razão de suspeitas de cobrança de propina para a aprovação de candidatos no exame para a emissão da CNH.

A investigação também apura a participação de um delegado e de um investigador da Polícia Civil no esquema. Os servidores foram afastados das funções e tiveram mandados de medidas cautelares, como a proibição de frequentar delegacias e manterem contato entre si, com o objetivo de evitar interferência na investigação.

(Bocão News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.