quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Cratera se abre em rodovia, engole veículos e mulher desaparece

Uma mulher, de 36 anos, desapareceu e outras seis pessoas ficaram feridas depois que uma cratera se abriu na madrugada desta quarta-feira (29) na MG-133, próximo ao município de Tabuleiro.

O asfalto que cedeu engoliu um caminhão, uma carreta e dois veículos de passeio.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a pista abriu cerca de 15 metros em virtude de um alagamento na via. A hipótese trabalhada pelos bombeiros é que um açude próximo ao local tenha se rompido e inundado a via.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR), o acidente ocorreu por volta de 2h da manhã. No caminhão estavam três pessoas do sexo masculino; na carreta estava o condutor; no primeiro carro também só havia o motorista; e no último veículo estava a mulher e o esposo.


Todos caíram na cratera, e a mulher foi arrastada pela correnteza e desapareceu.

A PMR informou que ainda não tem mais dados das pessoas envolvidas no acidente.

O Corpo de Bombeiros de Juiz de Fora foi acionado e levou os seis indivíduos do sexo masculino com ferimentos para hospitais em Ubá, Rio Pomba e Juiz de Fora.

Viaturas da polícia e dos bombeiros estão no local fazendo buscas pela mulher desaparecida.


A entrada para Tabuleiro pela MG-133 está completamente interditada.

O G1 entrou em contato com a Papelex, empresa dona do caminhão, que lamentou o ocorrido. A diretora da empresa, Vera Souza, informou que haviam três funcionários no veículo, dois tiveram ferimentos leves e um teve uma contusão no ombro.

"Nós estamos enviando uma equipe para o local para dar suporte aos funcionários e aos familiares. Nunca ocorreu nada parecido com a nossa empresa antes. É uma situação muito triste. Estamos interrompendo nossas entregas para a região da Zona da Mata por enquanto, para evitar colocar mais colaboradores em risco por conta da condição das estradas.", explicou a diretora.

A empresa fornece materiais de escritório, papelaria e produtos eletrônicos. Uma equipe foi enviada para verificar junto à PMR a melhor forma de retirar o veículo da cratera.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.