quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Presidente Tancredo Neves: O GRANDE FAKE NEWS

Ontem pateticamente circulou nas mídias sociais uma imagem com o prefeito Toi do Bó e Secretário de Educação do município, além de matéria publicada no site www.ptnnews.com.br onde o prefeito se declara “responsável” por dar aumento de 12,84% à classe de professores.

Vejamos:

O piso salarial dos profissionais da rede pública da educação básica em início de carreira foi reajustado em 12,84% para 2020, passando de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. O acréscimo está previsto na chamada Lei do Piso (Lei 11.738), de 2008. O texto estabeleceu que o piso salarial dos professores do magistério é atualizado, anualmente, no mês de janeiro. A regra está em vigor desde 2009.

Bom, até poderíamos ser enganados, isto é, se vivêssemos na era das cavernas e sem acesso a informação, todavia, os tempos são outros, o coronelismo, e a opinião destacada não tem mais soberania num tempo com tantos meios de comunicação.

Acho que desta vez a máxima “uma mentira dita mil vezes torna-se uma verdade” não vai funcionar. Com quem acham que estão lidando? Plenos leigos e desconhecedores das leis e dos nossos direitos? Acham que vão empurrar “goela a baixo” dos Tancredenses todas as vossas mentiras e promessas de ano de eleição?

O mais curioso é a imponência da foto em que aparece o prefeito e o secretário, dignos da realeza presidencial e do poder de sanção de leis federais. Quem diria um prefeito numa cidadezinha de pouco mais de trinta mil habitantes terem o poder de sancionar uma lei federal. Seria cômico se não fosse trágico. O que queriam com esta mentira? Pois para mim isso é uma cusparada no rosto do povo, é chamar o povo de cego, surdo, mudo e analfabeto. Será isso ingenuidade ou foi propositar para alavancar sua imagem?

Gente, sejamos ao menos verdadeiros com o povo, já que foram três anos sem fazer absolutamente nada, pelo menos não inventa mentira para tentar ludibriar a população, e mesmo assim se for fazer, façam melhor esta aí foi o fim da picada. 
Deixando de lado a informalidade, passamos para a questão LEGAL, quando uma lei é sancionada pelo presidente da república, nenhuma outra esfera pode contestar ou mesmo deixar de segui-la ou aplica-la, afinal o nome já diz tudo É LEI. Sendo assim, como pode o prefeito Toi do Bó se vangloriar que deu aumento aos professores, por acaso ele é o presidente? Ele só esta cumprindo a lei para não sofrer as sanções legais, nem para que a classe faça greve, paralisações, manifestações. Em fim, não fez nada além de seguir a lei.

Ainda vale ressaltar sobre o significativo AUMENTO no repasse do FUNDEB para o município em relação ao ano passado, serão mais de DOIS MILHÕES E MEIO que a prefeitura irá receber, de acordo com o portal do FNDE Estimativa (R$20.300.020.86. - 2019) (22.745.311.30. - 2020). É muito dinheiro, como será utilizado? Não se sabe, mas nós estamos de olhos bem abertos nas licitações, processos de pagamentos e afins.

Não poderia de hipótese nenhuma, deixar de citar o precatório que precisa ser rateado determinada porcentagem aos profissionais da educação. E ai senhor Prefeito, vai dar a Cesar o que é de Cesar? Ou vai encontrar uma saída para não repassar o DIREITO CONQUISTADO pela classe de professores? Não esqueçamos que são mais de VINTE E DOIS MILHÕES. 
Outra coisa bem curiosa além da mentira são pessoas que compartilha a matéria, imagem, outras parabenizando por ter repassado o aumento. Mas como assim!!!? Isso é o mesmo que aplaudir o caixa eletrônico quando ele lhe entrega o seu próprio dinheiro. 
Os professores não são bobos, assim como toda a população e sabem das dificuldades que passaram por três anos, mesmo tendo como pessoas de primeiro escalão da educação com a caneta na mão, podendo fazer mudanças para ajudar a classe, nada foi feito! 
Por fim, para não haver questionamentos quanto à matéria, reiteramos que a OBRIGAÇÃO do município em repassar o aumento é irrefutável, não existe nenhum dispositivo que desabone esse dever. Se não acredita, só procurar as jurisprudências nos tribunais e as sanções aplicadas aos gestores que não repassaram os aumentos. Afinal LEI é LEI.

Segue um trecho de um julgamento que não nos deixa mentir:

O juiz João Afonso Morais Pordeus determinou que o Município de Marcelino Vieira implante o piso salarial ao pagamento dos vencimentos dos profissionais que desempenham as atividades de docência ou as de suporte pedagógico à docência, isto é, direção ou administração, planejamento, inspeção, supervisão, orientação e coordenação educacionais, exercidas no âmbito das unidades escolares daquele município.
A determinação atinge os profissionais que desempenham suas atividades em suas diversas etapas e modalidades, com a formação mínima determinada pela legislação federal de diretrizes e bases da educação nacional.
Assim, o Município deve implantar o piso salarial nacional ao professor com jornada de trabalho de 40 h.

Agora se o senhor prefeito junto com o Secretário quiser descumprir a lei, estejam à vontade, vão lá, tentem a sorte. Os professores vão amar.

Bom, gente, eu teria uma infinidade de coisas para falar, mas, pra não me tornar enfadonho vou cessar por aqui.  Mas antes vou me ofertar o direito de um pensamento que me ocorreu aqui. 
Pense comigo! 

Já imaginou se daqui pra frente o prefeito começar a querer levar crédito por todas as ações do presidente Bolsonaro? Qual será a próxima matéria? “Toi do Bó baixa preço do combustível nas refinarias” “Toi do Bó fecha acordo internacional com o Irã” “Toi do Bó, viaja para reunião com G8 e discute livre comercio e é aplaudido” Meu Deus onde vamos parar.

Até breve meus amigos. Vamos continuar fazendo sempre o nosso melhor. Podemos não ser o maior, o mais acessado, entretanto, aqui você nunca lerá uma mentira.

ITABAÍNA AGORA – NOTÍCIA COM RAPIDEZ E TRANSPARÊNCIA

3 comentários:

  1. Será que já pagou os fornecedores da merenda escolar.
    As associações que fornece produtos pra merenda estavam sem receber desde o mês de outubro de 2019.

    ResponderExcluir
  2. Esse pobre coitado(quer dizer: que era O LISO), é manipulado por este incompetente secretário de educação e os irmãos barriga de borracha a ficar falando o que não deve.
    Ou melhor mentindo pra o povo.

    ResponderExcluir
  3. Muito boa a matéria. Parabéns

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.