quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Anvisa aprova regras para terapias genéticas no Brasil

-A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira (18) o texto normativo para o registro de terapias genéticas e celulares na medicina, como tratamentos ou medidas preventivas com modificação do DNA, as chamadas “terapias avançadas”.

As terapias genéticas têm potencial para tratar doenças como o câncer. Elas podem usar, também, um vírus como “transporte” para uma modificação que vá ser positiva ao paciente.

Em 2018, a agência reguladora publicou duas regulamentações para o uso de células humanas e fabricação de produtos. Além disso, um outro texto normativo passou a tratar das pesquisas científicas para a investigação da aplicação dessas terapias.


Desde o ano passado, uma consulta pública foi aberta para elaborar a proposta de regulamentação para produtos das terapias avançadas. Em outubro, um paciente com câncer terminal teve alta após a aplicação de um desses tratamentos. Foi a primeira vez que a técnica pioneira obteve sucesso na América Latina. (G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.