domingo, 2 de fevereiro de 2020

Primeira morte por coronavírus fora da China é registrada nas Filipinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou neste domingo que as Filipinas registraram a primeira morte fora da China provocada pelo novo coronavírus, que já deixou mais de 300 vítimas fatais em território chinês.

Sobe para 304 número de mortos por surto de coronavírus na China

De acordo com informações preliminares, a vítima é um homem chinês natural da cidade de Wuhan, origem da epidemia, que, segundo os dados disponíveis até o momento, teria sido contaminado antes de chegar às Filipinas.

"É o primeiro caso de morte fora da China por esta doença", declarou Rabindra Abeyasinghe, representante da OMS nas Filipinas.


"Mas precisamos levar em consideração que não é um caso de contaminação adquirida localmente. Este paciente veio do epicentro da epidemia", completou.

O ministro da Saúde das Filipinas, Francisco Duque, disse que o homem - que faleceu em um hospital de Manila - chegou ao país acompanhado de uma chinesa que também apresentou resultado positivo para o exame do novo coronavírus.

Esta mulher foi o primeiro caso de contaminação confirmado no país. Ela se recupera em um hospital.

Continua depois da publicidade

A notícia do falecimento foi divulgada pouco depois do governo filipino ter anunciado a suspensão de forma imediata da entrada no país de pessoas de qualquer nacionalidade procedentes da China.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.