quarta-feira, 3 de junho de 2020

Bolsonaro insinua que Witzel será preso: ‘Brevemente, já sabe onde ele deve estar, né?’


O presidente Jair Bolsonaro insinuou hoje (3) que o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, “brevemente” estará preso.

A declaração foi dada em frente à residência oficial do Palácio da Alvorada, em reposta a um pedido de um apoiador sobre uma medida no Rio de Janeiro. O homem se apresentou como policial militar reformado e pediu ajuda contra o pagamento de uma taxa previdenciária, cobrada pelo governo do Rio. Bolsonaro disse que não conversaria com o governador.

“Eu não vou conversar com o Witzel. Até porque, brevemente, já sabe onde ele deve estar, né?”, respondeu Bolsonaro.

Na semana passada, Witzel foi alvo da Operação Placebo, que investiga suspeitas de desvio de recursos destinados a ações contra o coronavírus.  Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, sendo um deles no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador, e outro na casa dele no Grajaú. A esposa do governador, Helena Witzel, também é investigada.

Procurado pelo portal G1, o governador do Rio de Janeiro não se manifestou sobre a fala de Bolsonaro. (Metro1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.