quarta-feira, 22 de julho de 2020

Aurelino Leal: Justiça determina contratação de médico e ações em hospital


Uma decisão obriga o Estado da Bahia e a prefeitura de Aurelino Leal, no Sul baiano, de providenciarem um médico exclusivo para atendimento exclusivo de casos suspeitos e confirmados de novo coronavírus. Pela decisão, o profissional deve ser contratado até o dia 28 de julho.

O juiz Antônio Carlos Rodrigues de Moraes também determinou a realização de testes rápidos em todos os funcionários do hospital. Conforme o Ministério Público do Estado (MP-BA), foram verificadas diversas deficiências na estrutura do hospital, denunciadas, inclusive, pelos profissionais e sindicato da categoria.

Segundo o promotor de Justiça Alan Santos, autor da denúncia, o juiz ainda determinou a estruturação da lavandeira do hospital, aquisição dos equipamentos e implementação dos métodos estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa); fornecimento de Equipamento de Proteção Individual (EPI) adequado e suficiente a todos os funcionários do hospital; descarte adequado do lixo hospitalar em local próprio e não no lixão do município; e armazenamento adequado dos resíduos hospitalares até o seu recolhimento no hospital.

Em caso de desobediência, haverá multa diária de R$ 5 mil. (BN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.