segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Fazer isso agora é uma agressão, diz Dona Florinda sobre Chaves fora do SBT


A intérprete da Dona Florinda no seriado “Chaves”, a atriz mexicana Florinda Meza criticou, neste sábado (1º), a saída do programa da grade das redes de televisão na América Latina, afirmando, nas redes sociais, “ser uma agressão às pessoas”. No Brasil, “Chaves” e seus programas derivados, como “Chapolin”, eram exigidos ininterruptamente há 36 anos.

“‘Chespirito’ (nome original da série) já é um programa cultuado. É parte do DNA dos latinos, o levamos na memória genética. Pretender eliminá-lo do nado é uma medida pouco inteligente”, desabafa Meza, que foi casada com o protagonista e criador de “Chaves”, Roberto Bolaños, falecido em 2014.

O SBT, que apresentava o programa no Brasil, explicou, em nota à imprensa, na sexta-feira (31), que a Televisa, distribuidora mexicana da atração, não quis fazer a renovação dos direitos de exibição no país devido a “um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias”. A série também era apresentada no canal de TV por assinatura Multshow.

No SBT, o programa infantil sobre uma turma de garotos residentes numa vila garantiu boas audiências, sendo exibido em diversos horários durante mais de três décadas, preenchendo buracos na programação do canal de Sílvio Santos.

“Nunca pensei que isso fosse me acontecer, mas pela primeira vez encontro uma razão para dizer ‘Que bom que meu Rober (Bolaños) não está neste mundo!’ Esse ato incompreensível chuta sua lembrança e o que ele mais respeitou: o público”, escreve Meza.

Para a viúva, “talvez alguns executivos sem visão o querem apagar, mas no coração e na memória dos bons, que sempre o seguiram, estará mais vivo que nunca. Não é verdade?”. (Hoje em Dia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.