segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Presidente da OAB diz que é inadmissível Melhem intimidar advogada de Dani Calabresa



O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, se manifestou sobre o caso do ator Marcius Melhem. Ele disse ser inadmissível que Melhem tente intimidar a advogada Mayra Cotta, que representa Dani Calabresa e outras cinco mulheres.

As vítimas acusam o ator e ex-diretor da Globo de assédio sexual e moral. “É inadmissível que o acusado tente intimidar a advogada da outra parte. A advogada tem a prerrogativa de representar e falar pelas clientes. Darei ciência à Comissão de Prerrogativas para que todo apoio seja dado à advogada”, disse Santa Cruz ao jornal Folha de S. Paulo.

Em seu Twitter, falou mais sobre o caso. “Uma nova tática entra para o manual dos homens acusados de assédio sexual: intimidar por meio de processo a advogada das vítimas. Um spoiler do fim desse roteiro mal escrito: não irá funcionar”, afirmou Cotta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Não serão aceitos comentários com teor ofensivo, difamatório ou contendo palavras de baixo calão.